Atualmente, vale realmente a pena fazer um MBA no Brasil?

Devido à concorrência cada vez maior no mercado de trabalho em geral, muitos profissionais têm buscado informações sobre diferentes cursos para melhorar o currículo, adquirir conhecimentos que os façam se destacar entre os colegas e subir mais um degrau rumo aos cargos mais altos, com melhores salários.

 

Ter iniciativa, ser bem relacionado, saber trabalhar em equipe, não são mais diferenciais.

 

Hoje, as empresas e recrutadores buscam algo além, que soma o saber aprofundado e atualizado da área em que se vai atuar com conhecimentos diversos de negócios, administração a até mesmo mídias digitais.

 


LEIA TAMBÉM: A importância de um certificado internacional em seu currículo

 

Nesse caso, a única formação que pode instruir o profissional com todos esses conhecimentos e de maneira suficiente para progredir na carreira, é o MBA.

 

Além das áreas de conhecimento que são abordadas, um dos grandes atrativos do curso é a troca de experiências entre os colegas durante aulas práticas, em seminários e debates promovidos em sala de aula.

 

Todas as informações coletadas trazem uma nova perspectiva para o profissional, afinal, ele está convivendo com pessoas que ocupam cargos de diversas áreas, em diferentes níveis hierárquicos.

 

Essa convivência entre colegas também resulta no desenvolvimento de habilidades comportamentais, como gerenciamento de conflitos e liderança. O ambiente acadêmico de certa forma obriga a convivência entre pessoas muito diferentes, de opiniões e experiências diversas.

 

Por outro lado, incentiva o aprendizado em grupo, ressalta o aspecto colaborativo. Ou seja, os conflitos em sala de aula sempre trazem resultados positivos para os profissionais, ao contrário do ambiente empresarial, que nem sempre encoraja a resolução dos problemas entre os empregados e até incentiva certa animosidade, acreditando aumentar a produção em razão da concorrência interna.

 

Outro aspecto muito importante para os alunos de MBA é a oportunidade de estender e fortalecer seu networking com diferentes profissionais de áreas afins. A postura dentro de classe pode abrir portas para melhores empregos, já que o colega de sala pode ser o colega de trabalho no futuro.

 


LEIA TAMBÉM: MBA SEDA inova com curso lecionado em dois idiomas e módulo internacional

 

Um detalhe a ser analisado no MBA é com relação à maneira que ele avalia o aprendizado do aluno. Não adianta o profissional ostentar um diploma de MBA na parede, se não sabe aplicar os conhecimentos no dia-a- dia da empresa. Por isso, não apenas um trabalho de final de curso, mas provas, exercícios e debates, são necessários para fixar melhor o conteúdo aprendido em sala de aula, preparando o profissional para a prática.

 

Após todas essas considerações, não há mais dúvidas de que o curso de MBA não só vale a pena, como também é o que falta para melhorar o currículo de diversos profissionais que se encontram estagnados em suas carreiras.

João Marcos

Adicionar comentário