Sustentabilidade

Sustentabilidade está na moda… Será?!

Falar de sustentabilidade está na moda, mas na prática… Cadê?

 

O tema agora está na pauta das empresas e em muitas delas isto se iniciou recentemente. Quando falamos em sustentabilidade fica confuso distinguir se falamos do planeta ou das empresas, o fato é que este movimento nas empresas não é pela sustentabilidade em si, mas por conta da pressão na necessidade que é se reinventar, rever custos e pegar carona na onda do politicamente correto, no que é bem visto pelo consumidor. Bom, antes isso do que nada, assim poderemos ver as empresas aprenderem que não dá para desassociar sua sustentabilidade com a do planeta.

 

Engana-se quem pensa que as pessoas são bobas. Nos tempos de hoje, com maior acesso a melhor graduação e até a Pós Graduação é mais comum a constante desconfiança de que este discurso de sustentabilidade é só decorativo e que na verdade ele não se traduz em prática nas companhias.

 

Percebe-se que a sustentabilidade deixou de ser uma escolha e tornou-se uma premissa na maneira de gerenciar e fazer negócios. Hoje, um CEO atento faz parte pessoalmente da liderança da agenda deste tema e por consequência os programas desta área são mais facilmente analisados e aprovados.

 

Isto nos mostra que sai na frente quem incorpora este tema aos negócios e o impacto positivo na economia de custos produzem melhores resultados, hoje tratar este assunto como periférico ou achar que é apenas uma moda pode condenar um projeto ou até uma marca.

 

Já que a iniciativa aliada à prática real da sustentabilidade focada na redução de “gastos” gera resultados comprovados em números, eu pergunto: “por que algumas empresas demoram tanto?”. Credito isto à gestão equivocada do quanto se gasta e não no quanto se investe. Investir em projetos de formação de novas e melhores práticas é o caminho.

 

“A eficácia de fato da gestão, advém de suas melhores práticas”

 

Devemos aproveitar melhor todo recurso que se tem, pessoas, gastos com energia, água e ações voltadas para reciclagem. Nos tempos de hoje isso é primordial para os negócios e aproxima as empresas do consumidor.

 

Outro fator que faz com que gestores, conselhos e empresários deem maior atenção ao tema, está relacionado à crise criada pelos grandes escândalos envolvendo companhias pelo mundo e principalmente no Brasil, a credibilidade está abalada e o ar é de desconfiança é geral, com isso recorrer à sustentabilidade é uma maneira de tentar criar maior segurança na relação com o cliente. (Mas, este assunto, vamos detalhar mais em um próximo artigo sobre “ética na sustentabilidade”).

 


LEIA TAMBÉM: Fazer um MBA pode ser o caminho mais curto para importantes transformações profissionais

 

Portanto, neste momento do mundo moderno e da economia mundial, crias melhores produtos e/ou colocar em prática (mesmo) projetos e parcerias para ajudar a resolver problemas sociais e ambientais é essencial para a sustentabilidade de fato dos negócios e do mundo.

 

A existência humana está ligada a sustentabilidade, ganhar de qualquer forma pode ser uma condenação.

 

André C. Machado – Professor MBA SEDA

2 comments